Você sabia que existem 17 saxofones diferentes? Veja que incrível!

Muitos acreditam que só existem aqueles quatro tipos de saxofones tradicionais: o alto, tenor, soprano e barítono. Muitos ainda creem que só existe um tipo de saxofone: o clássico (alto)


Porém, a família dos sax's é muito maior do que a maioria imagina: os tradicionais são 7, e as variantes deles são 10! Totalizando assim um total de 17 saxofones diferentes!


Neste artigo iremos comentar mais detalhadamente sobre os principais e citar suas variantes para que você possa saber de todos os membros desta grande família! Vamos aos sax's!



Os 7 saxofones mais tradicionais



1) Saxofone Sopranino


É o segundo saxofone mais agudo da família, perdendo apenas para o recém-inventado sax sopranissimo.

Sua afinação é em Eb (Mi bemol).



2) Saxofone Soprano


É o mais agudo do "quarteto fantástico", os quatro saxofones mais tradicionais que já existiram. Este foi meu primeiro sax, e também um dos mais difíceis de se tocar. Portanto, caso queira começar a aprender um, não recomendo este de primeira.

Sua versão clássica é reta, porém ele também apresenta sua versão curva.

Sua afinação é em Bb (Si bemol).



3) Saxofone Alto


É um dos mais comuns e mais fáceis de se tocar. Sua sonoridade é muito utilizada no Jazz e nas músicas Pop que levam o sax. Ele é o esteriótipo da família, ou seja, sempre que alguém fala em "saxofone", ele é o primeiro a vir à cabeça e representar este grande grupo.

Sua afinação é em Eb (Mi bemol)



4) Saxofone Tenor


Um instrumento recém-adquirido por mim, e, até agora, meu favorito. Seu timbre médio-grave é também perfeito para o Jazz e os estilos tradicionais da música. Ele tem uma perfeita harmonia entre o agudo e o grave, além de ser o segundo sax mais clássico (logo após o alto) e ter um design de cair o queixo!

Sua afinação é em Bb (Si bemol)



5) Saxofone Barítono


Do quarteto tradicional, este é o mais grave. Normalmente é utilizado para fazer a base da música, assim como o contra-baixo é usado com a guitarra (acho essa comparação legal). O barítono seria o baixo, enquanto o alto seria a guitarra. Gostei.

Sua afinação é em Eb (Mi bemol)



6) Saxofone Baixo


Utilizado em grande escala pelas orquestras para o fundo musical quando há um grande número de saxofonistas tocando na cena.

Sua afinação é em Bb (Si bemol)



7) Saxofone Contrabaixo


Segundo membro mais grave da família do sax, perdendo pro "sax subcontrabaixo".

Sua afinação é em Eb (Mi bemol)



Agora vamos citar os outros saxofones que não são assim tão comuns mais, porém estão entre nós:



8) Saxofone soprillo


O mais agudo fabricado, acima até mesmo do Soprano original.


9) Soprano em C (dó maior)


Faz parte da família orquestral.



10) Soprano semi-curvo



11) Saxofone Mezzo-soprano


Também conhecido como Alto em fá . Faz parte da família orquestral



12) Saxofone C melody


Também conhecido como Tenor em dó. Faz parte da família orquestral.



13) Barítono em F (fá maior)



14) Saxofone Contralto



15) Baixo em C (dó maior)



16) Contrabaixo em F (fá maior)



17) Tubax


Instrumento alemão desenvolvido a partir do saxofone, mas com calibre mais fino, o que facilita a emissão dos graves.

Afinado em Eb (Mi bemol).



Conclusão


Como vimos, existem muitíssimos tipos diferentes de saxofone... Qual deles você não conhecia ou qual você gostou mais? Conte pra mim nos comentários e compartilhe o artigo para os seus amigos! Tenho certeza que eles não sabem quantos sax's existem!

Para não ficar por fora de nenhuma novidade, inscreva-se em nosso blog e leia nossos outros posts!

Até a próxima!

14 visualizações

@costaalmeidajp@gmail.com

  • Facebook

@casaldeideias1

Talita Avelino Bispo

  • Instagram

@casal_de_ideias

João Pedro C. Almeida